Pesquisar

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Su-30MKI agora com o Brahmos

Um novo potencial anti-navio foi recentemente incorporado à IAF, bem diferente dos anteriores, o Brahmos em conjunto com sua plataforma de lançamento Sukhoi Su-30MKI formam um conjunto sem precedentes na guerra naval atual.
Desde 2006 operacional na Índia, o Brahmos é um míssil ar-superfície hipersônico desenvolvido a partir do modelo russo P-800 Oniks e produzido em conjunto pela Índia e pela Rússia. O Brahmos desde sua criação foi equipado em lançadores montados sobre grandes veículos terrestres para defesa costeira e em navios de guerra, porém sua variante lançada por aeronaves entra em serviço esse ano na IAF.
Acima e abaixo as imagens do Sukhoi Su-30MKI com o Brahmos na linha central.
O Brahmos como o original russo Oniks tem como finalidade principal a destruição de grandes navios de guerra, incluindo porta-aviões. Com peso de 2500 kg, alcance de 290 km e ogiva de 300 kg, o míssil é totalmente novo para a Índia e para países ocidentais devido a sua velocidade e potencial de ser transportado por aeronaves táticas (como o Su-30).
Acima: Na Rússia o Oniks substitui o monstruoso P-270 Moskit que apesar de ter uma ogiva de 320 kg, um alcance de 250 km e velocidade de 2,8 mach seu peso de 4500 kg reduzia significativamente o desempenho do Sukhoi Su-33, operado pela VMF.
 Os EUA utilizam basicamente 3 tipos de armas anti-navio a partir de aeronaves táticas, como acima, pode ser visto um F-16 com um AGM-84 Harpoon, que possui velocidade de 860 km/h, ogiva de 220 kg e um alcance de 120 km.
O AGM-84K SLAM-ER, que acima é visto no cabide de asa de um F-15E Strike Eagle. O SLAM-ER é uma versão com alcance melhorado do Harpoon.
F/A-18F australiano com uma bomba planadora AGM-154 JSOW de 497 kg. Muito mais barata que os mísseis e de baixo peso, a bomba planadora é uma arma eficaz contra pequenos navios com limitada defesa anti míssil. A JSOW teve uma conturbada estréia na Guerra do Iraque onde em sua maioria erraram o alvo, por isso hoje está sendo retirada dos EUA e repassada a países aliados, como visto na foto acima.
F-16D Block40 com um AGM-158 JASSM que possui um novo sistema de design, pintura e materiais que o tornam mais furtivo aos radares. É uma arma notável devido a sua ogiva de 450 kg e alcance de 370 km, porém é utilizado em sua maioria por bombardeiros estratégicos, já que seu peso e arrasto aerodinâmico são relativamente altos para um caça, além disso lamentavelmente conta com uma velocidade "subsônica alta". 
Considerado que a Índia vem se tornando mais agressiva a cada Red Flag que se passa, levando-se em cosideração o desempenho das armas acima descritas e...
a habilidade dos pilotos indianos que já superaram os F-15 EUA com seus Su-30MKI em combates simulados, temos um novo sistema anti navio no teatro de guerra atual.
A IAF hoje opera 146 caças multifuncionais Su-30MKI, com mais 40 encomendados.
...

Nenhum comentário:

Postar um comentário